Horário Seg a Sex: 8:00 as 12:00 - 13:30 as 18:00

  • urologia@androclin.com.br
  • (41) 3014-6606 - 3223-7795
  • Whatsapp - (41) 99670-1188

Tratamento da Disfunção da Mulher

TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO DA MULHER

Ela pode estar com baixo fluxo sanguíneo na região genital, e para isso já existem várias Soluções, desde o próprio Viagra - testado em mulheres americanas, com bons resultados (55%) até reposição hormonal. Uma pequena dose de hormônio masculino, a testosterona, é importante para a libido feminina. A falta de testosterona na dosagem adequada pode gerar ausência de desejo sexual, baixa excitação e dificuldade para atingir o orgasmo. Para diferentes tipos de disfunções sexuais femininas, há também uma diversidade de soluções. Além do Viagra e Reposição Hormonal, existem aparelhos (eletroterapia e feedback) que avaliam o tônus muscular da vagina e do períneo (região genital), fazendo melhora da contração e ao mesmo tempo ajudam no relaxamento do períneo, facilitando a resposta sexual. Pequenos pesos cônicos, com a devida orientação médica, também funcionam como estimulantes da musculatura. Estes aparelhos são utilizados no tratamento de mulheres que tinham pequena perda de urina em esforços como tosse e espirro. Elas passaram por tratamento de reforço na musculatura. Elas passaram por tratamento de reforço na musculatura genital e obtiveram melhora, tanto da incontinência urinária quanto de resposta sexual.

A investigação infecciosa, vascular, neurológica e psicológica, são de grande importância, principalmente nas diabéticas. O aparelho EROS ganhou aprovação do FDA americano, sendo o primeiro aparelho para disfunção sexual na mulher. Promove o ingurgitamento do clitóris, deixando-o mais sensível, facilitando a excitação e o orgasmo. Já encontrado no mercado, mas existe a opção de um modelo nacional, que permite controle direto pela paciente, fazendo a mesma função, com valor muito menor. É o Afrodite, que pode quebrar barreiras e inaugurar uma nova era para o prazer sexual da mulher. Atualmente já conseguimos esclarecer 80% destas disfunções e tratar a metade delas.

Estamos na metade do nosso caminho, dentro de pouco tempo teremos o iceberg descoberto por inteiro.